terça-feira, 13 de julho de 2010

Paragominas

Meu primeiro dia em Paragominas (a 300 km de Belém) foi muito rico e interessante. Conheci o prefeito, vários produtores rurais e um rio ( o Capim) que pode se transformar numa hidrovia para levar a produção até Belém. Amanhã iremos a uma fazenda modelo de pecuária e depois de amanhã iremos a outra que faz Integração Lavoura-Pecuária.
Almoçamos (com a tchurma de produtores rurais) numa churrascaria (para variar) muito boa e daqui a pouco vamos comer um peixe da terra.
 A cidade é muito bonita, organizada, tem faixas e luminosos indicando a passagem de pedestres, coleta seletiva de lixo e muitas áreas de jardim. O prefeito já ganhou várias vezes o Prêmio de Prefeito Empreendedor do Sebrae e da Merenda Escolar dado pelo Programa Fome Zero. Ele é uma figura.
Quanto àquela paisagem exuberante de Amazônia, esqueça. Estamos praticamente às margens da Belém-Brasília e a ordem do governo federal há três décadas, como estou careca de ouvir dos produtores rurais de toda Amazônia brasileira, era desmatar. Sabe aquela história do "integrar para não entregar". Depois ... Mas isso já é outra história, que pretendo guardar para minha reportagem na revista Produtor Rural.

Um comentário: