quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Aripuanã

Sempre tive curiosidade de conhecer Aripuanã e achava que seria impossível. Este noite vou dormir em Aripuanã no Hotel Pingo de Ouro. Tem ar condicionado, um banheiro que é um ovo, mas é simpático. Acabamos de jantar no Morena II - restaurante de uma mulher chamada Roseli, que conhecemos hoje à tarde na Vila Morena, no caminho entre Juína e Aripuanã.
Nossa viagem durou cerca de seis horas, incluindo uns 40 minutos que usamos para almoçar, numa biboca de beira da estrada, onde comemos uma comidinha boa e honesta. O começo da viagem foi tenebroso - a estrada estava péssima e quando o dono desse estabelecimento onde almoçamos disse que pra frente estava pior ficamos preocupados. Mas acho que ele exagerou. A estrada foi ficando melhor e cada vez mais bonita em meio à floresta amazónica. Caramba, estamos na Amazônia! Eu estava me sentindo como uma personagem do filme "Bye bye Brasil", de Cacá Diegues.
A partir da Vila Morena, distrito de Aripuanã, a estrada ficou bastante boa e seguimos embalados por Zeca Pagodinho, Legião Urbana, Milionário e José Rico, Maria Cecília e Rodolfo, e Vítor e Leo. Estou decorando as letras e em breve estarei pronta para ir a um show dessas novas duplas e acompanhar todos os seus sucessos. Estou me apaixonando por Vítor e Leo.
Em Aripuanã só tivemos tempo de correr até a cachoeira das Andorinhas para ver o visual do fim de tarde. Vamos voltar lá as 6h da manhã para conferir o despertar das andorinhas. O Zé (José Medeiros, o fotógrafo que me acompanha nessa viagem ao Nortão e Noroeste de MT) disse que é um espetáculo lindo. Apesar da preguiça de acordar tão cedo. não quero perder essa oportunidade. Não sei quando voltarei a Aripuanã.
Vamos procurar personagens para nossa reportagem e seguimos no horário de almoço para Colniza, encarando mais 150 km de estrada de chão. E dá-lhe Vítor e Leo, Maria Cecília e Rodolfo, Zeca Pagodinho, etc. Quem mandou não trazer os CDs de casa?
Não sei se terei conexão em Colniza. Aqui em Aripuanã, logo que chegamos, a internet não funcionou. Estamos na Floresta Amazônica!

6 comentários:

Dete disse...

Martha,
Adoro viajar com voce, pelo menos mentalmente, nessas viagens. Amaria estar ai ouvindo musica caipira.
Bjs

Martha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Martha disse...

Ah, Dete, só hoje, dia 12, li seu comentário... É bom ouvir música caipira, mas enche o saco também. Agora, por exemplo, estou ouvindo uma rádio que toca muita MPB de boa qualidade, sem intervalos comerciais. Uma delícia!
Tem hora pra tudo ...
Acho a música caipira tradicional muito triste. Me dá uma vontade de chorar. Aliás, chorei tanto nesses últimos dias..

Adriangelo P. da Silva disse...

Gostei do seu comentario meu nome e Adriangelo e sou do site www.eumoroaquimt.com.br que e da cidade de Aripuanã-MT e como sei que aqui não dá o brilho que queremos nos olhos dos nossos visitantes fico feliz pelo seu comentário que por um lado bom e por um lado ruim, mas nada fora da verdade fica um abraço da nossa equipe e obrigado pela visita. Deixarei um trecho de seu comentário na minha pagina espero que muitos vejam. Abraços

hotelpingodeouro disse...

ola, gostaria de deixar um comentario sobre o hotel , tem um quarto menor que os outros infelismente dona marta se hospedou nele fazer o que ne ,tem que reservar antes ,mais se um dia ela voltar aqui no meu hotel darei a ela o apart maior de todos e so reservar antes , bjs a todos ,so pra terminar adorei essse site ,adorei o nome eu moro aqui ,parabens.

hotelpingodeouro disse...

ola, gostaria de deixar um comentario sobre o hotel , tem um quarto menor que os outros infelismente dona marta se hospedou nele fazer o que ne ,tem que reservar antes ,mais se um dia ela voltar aqui no meu hotel darei a ela o apart maior de todos e so reservar antes , bjs a todos ,so pra terminar adorei essse site ,adorei o nome eu moro aqui ,parabens.