domingo, 6 de abril de 2008

Em busca de um grande amor

Acabei de ler uma matéria no MSN Entretenimento com o título "Para que os famosos utilizam seus diários virtuais?". Bom se eles usam para fazer revelações pessoais, desabafos, protestos e a divulgação de seu trabalho, como diz o artigo, por que não posso também? E claro que não vou querer competir com Cleo Pires, Carolina Dieckmann ou Luana Piovani, mas também estou curtindo usar este espaço para falar dos meus sentimentos, angústias e também comentar o que está rolando de bom e ruim na minha cidade.
Com poucas semanas de vida, este blog já me trouxe algumas boas surpresas, entre elas, o meu reencontro com uma amiga querida, Jael, de quem não tinha notícias há quase 20 anos! Adoro esses reencontros e cada vez mais me dou conta de que uma das graças da vida são esses encontros, despedidas e reencontros. Perdemos pessoas, ganhamos outras e muitas vezes voltamos a reencontrar pessoas queridas do passado.
E assim a gente vai levando. Estou lendo um livro muito legal "Travessuras de uma menina má", de Mario Vargas Llosa. O livro é feito de encontros e desencontros do narrador com a menina má do título que já está com quase 50 anos no capítulo que estou lendo. É daqueles livros que a gente fica louca para pegar de novo para ler. O tema é o grande amor que une o narrador à menina má, uma personagem interessantíssima. Não sei se eu seria capaz de me entregar tanto a um amor como o Ricardito e, ao mesmo tempo, anseio por esse grande amor. Pensei tê-lo encontrado há alguns anos, porém cada vez mais me dou conta de que ele acabou. É claro que isso me deixa triste porque, como disse João Bosco no show que acabei de ver, "Quem pode querer ser feliz/Se não for por um grande amor" (Desenho de giz)
Existem várias formas de amor: ao trabalho, aos filhos, à família, à música, à literatura, mas realmente fica difícil viver se a gente não acreditar pelo menos por um instante na possibilidade de (re) encontrar um grande amor.

Um comentário:

Eugênio disse...

Belo texto, Martha.