sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Mais um dia

Estou terminando mais um dia de trabalho nessa profissão louca que escolhi. Ou foi ela que me escolheu?
Bem que me avisaram para procurar uma profissão mais estável e rentosa...
Mas eu era idealista, queria escrever, contar histórias sobre as pessoas que não eram do meu círculo social, conhecer outra gente, outras cidades, estados, países.
Fiz um pouco disso tudo. Eu me desviei um pouco da rota: virei esposa em tempo integral, mãe, dona de casa e professora de líteratura de língua inglesa, de inglês e francês, por um certo tempo.
Retomei a profissão, voltei a acreditar nela, a contar histórias sobre outra gente e conhecer outras cidades, estados e até países.
Foi bom, mas eu me dou conta de que cada vez se valoriza menos minha profissão. Num mundo de tantas novas mídias, com tanta profusão de informação, a impressão que tenho é a de que cada vez se lê menos e se guarda menos o que se lê.
A imagem vale cada vez mais.
É preciso me adaptar aos novos tempos.
É isso ou morrer (não no sentido literal, gente!)

Um comentário:

Arione Torres disse...

Olá, sou Arione. Seu blog é lindo. Estou seguindo o blog. Segue o meu?
http://arionetorrres.blogspot.com
Tchau...