quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Chove chuva

Estou em casa trabalhando: mandando emails, ligando para as fontes e buscando informações para as inúmeras matérias que estou fazendo - tudo misturado e com uma gama muito variada de assuntos. Ia ser até engraçado se eu pirasse e fizesse uma espécie de "samba do crioulo doido", misturando cozinhas chiques com perspectivas para o agronegócio mato-grossense, lazer para crianças com pecuária, etc, etc.
De repente, desaba um temporal. Vejo a chuva escorrendo pela vidraça e procuro enxergar beleza, mas só consigo pensar nas pessoas que estão na rua - voltando para casa ou indo para qualquer lugar - e provavelmente ficarão muito molhadas ou, o que é pior, presas no trânsito das ruas que, em poucos minutos, ficam absolutamente alagadas em Cuiabá e quase todas as cidades brasileiras.
Penso nas pessoas que estão em casa, porém menos protegidas que eu.
Depois de ver a imagem de uma casa sendo tragada pela enxurrada na região serrana do Rio hoje, no Jornal Nacional, eu que sou adulta fiquei apavorada! Imagine o que significam imagens como essa para uma criança!
Mais uma vez, falou-se muito hoje no noticiário sobre falta de planejamento. Isso significa que haverá planejamento quando chegar o período de seca ou chuvas menos brandas?
Depende muito do nível de pressão da sociedade.
Fico bastante cética. Vejam um exemplo: a cidade de Várzea Grande, contígua à Cuiabá, é sempre visada pela mídia estadual por causa do abandono e da quantidade de buracos imensos, exaustivamente mostrados na tela de TV. Pois bem. O prefeito da cidade,  Murilo Domingos, envolvido em mil escândalos, foi reeleito no último pleito. Como se explica? Se ele não foi um bom administrador, por que deveria ser reeleito? Quando pergunto isso para algum várzea-grandense recebo a resposta "ah, não votei nele" ou então "os outros candidatos eram piores".
Nossos administradores foram escolhidos por voto direto e são reflexos de nós, eleitores, embora seja muito desconfortável reconhecer isso.

2 comentários:

Blog do Akira disse...

Martha
Acho que voce matou a charada: para nossos digníssimos governantes, planejamento é não chover, prevenção é não chover.

Chris disse...

Acabo de descobrir seu blog e acho bem interessante. Vc tem uma maneira natural e direita de escrever sobre as coisas da vida corriqueira e os assuntos que afetam a gente. Vou seguir seu blog com interesse. Keep it up!