sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Novos rumos

Hoje é o meu último dia de trabalho na Famato, onde trabalho há mais de sete anos, na revista Produtor Rural, inicialmente como prestadora de serviço e como funcionária registrada desde 1º de setembro de 2008. 
Cheguei a imaginar como seria triste escrever esse post, mas no momento meu sentimento não é de tristeza. Talvez, de apreensão. É sempre difícil mudar e enfrentar o novo.
Saio de uma zona de conforto e parto rumo ... ao novo. Não quero (nem posso) neste momento adiantar que rumo é esse (quem sabe na segunda?), porém é minha intenção manter este espaço de atualização do Cá entre nós na minha nova "rotina", que ainda terá que ser construída. 
Peço aos que me acompanham que torçam por mim. Apesar de não frequentar igrejas, acredito na força do pensamento positivo. Ou, pelo menos, tento acreditar. Sabe aquele velho papo de "no creo en brujas, pero que las hay, las hay"?
Por hoje é só. Preciso esvaziar minhas gavetas e me (re)organizar. E não sou muito boa nisso ...

4 comentários:

Eugênio disse...

Martinha, quem tem talento como você não deve ter receio de nada. Boa sorte.

Francisco Fernandes disse...

Então reze como se tudo dependesse de Deus,mas trabalhe como se tudo dependesse de você.

Roça de Livros disse...

Oi Martha,
quem disse que vc não é boa de se (re)organizar? Pense em quantas vezes vc já fez isso na vida!Tá certo, sei que dá trabalho, cansa, dói. Mas também dá orgulho, né?
Vc é ótima profissional, o momento econômico do país é bom. E seu conhecimento do agronegócio pode ser aproveitado também em outras áreas.
Tenho certeza que vem coisa boa aí pra vc.
Bjs.
Terezinha

Martha disse...

Agradeço de coração as palavras de incentivo e boas vibrações dos antigos e novos amigos.
É bom contar com vocês neste momento.
Pretendo colocá-los a par dos desdobramentos desta nova etapa da minha vida, que promete ser das mais excitantes.