quinta-feira, 26 de junho de 2008

Livre!

Acabei de ler um release sobre o lançamento de um livro, chamado "Rico de verdade", de autoria de Roberto Adami Tranjan. Meu objetivo não é divulgar o livro, nem pretendo comprá-lo, mas a leitura do release me fez pensar em duas coisas: a primeira, estou no bom caminho (embora ainda cheia de dívidas); a segunda, acho que poderia escrever um livro de auto-ajuda.
Desculpem a minha pretensão, mas é que existe um longo caminho entre a teoria e a prática. Posso não ser a melhor educadora do mundo, nem a pessoa mais equilibrada, porém isso não impede que eu saiba o que é bom em tese e, como disse em posts anteriores, acho que estou mais próxima que nunca de aplicar os bons ensinamentos na minha vida diária.
Ontem, por exemplo, pela primeira vez de verdade, senti uma alegria imensa por não ter um "marido". É lógico que gostaria de ter um companheiro bacana, mas na falta deste eu me senti extremamente feliz por poder aproveitar as oportunidades que a vida vem me oferecendo sem ficar com medo de ferir susceptibilidades, despertar ciúmes e outras coisas do gênero.
Enfim, eu me senti livre! Até para amar outro homem.
Ah, outra descoberta de fim de tarde: você pode estar apaixonada sem ser necessariamente por outro homem (ou mulher, dependendo do ponto de vista). Eu, por exemplo, ando apaixonada pelo canto coral e pela yoga.

3 comentários:

Jael disse...

Martha querida, seu blog é uma delícia! Desapareci de cena depois dos primeiros re-contatos. Foi um período turbulento. Pensei em escrever um e-mail, mas não seria mais interessante nos falarmos pelo skype? Você tem skype? Se não tiver e quiser, é muito fácil baixar o programa. Meu nome skype é: jaelkleincoaracy.
Vamos nos falar?
Espero que esse friozinho encontre você entre todas essas delícias que estão descritas nos últimos posts.
Beijo
Jael

Eugênio disse...

O ruim do blog é isto: a gente fica tão íntimo, tão parte do seu dia a dia, que acaba achando que não precisa mais ligar, escrever, falar bobagens pelo msn, enfim, ter outras formas de comunicação com você. Mas concordo com a Jael: seu blog é uma delícia.

Martha disse...

Que delícia ter vocês como leitores, queridos amigos! Não é qualquer um que tem esse privilégio!