quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Pós-encontro

Antes de qualquer coisa, um aviso aos navegantes: este não é um post definitivo sobre o encontro da Família Baptista, realizado em Campo Grande, neste final de semana. É apenas um registro, uma tentativa de transformar em palavra escrita os sentimentos envolvidos nessa mega operação familiar.
Tudo deu certo no nosso encontro. Ninguém se estranhou, nenhuma criança se machucou e todos, em algum momento, trocaram alguma energia - nem que fosse um peqeuno abraço, um grande abraço ou um sorriso.
Éramos 77 pessoas, entre adultos e crianças.
Conseguimos compartilhar várias refeições - entre almoços, jantares e cafés da manhã, em pequenos, médios e grandes grupos, sendo que o maior deles naturalmente aconteceu no dia do Grande Encontro, domingo, em que ficamos juntos de meio-dia até de noite. Alguns chegaram mais tarde, outros saíram mais cedo, mas houve um momento - registrado na foto - em que estavam todos.
Não houve grandes formalidades - nossa família não é dada a formalidades. O momento mais solene foi a fala da irmã mais velha, Lila, magnífica nos seus 89 anos, que falou lindamente, e passou o microfone para a irmã caçula, eu, que ... Não vou comentar minha fala, até porque falar não é meu forte. Prefiro escrever. Aliás, eu devia ter preparado alguma coisa para ler.
A parte musical do encontro foi bem legal: dançamos e cantamos bastante - vários tipos de música: polca paraguaia, chamamé, samba e rock (anos 80). Foi muito divertido!
As crianças curtiram muito e se confraternizaram maravilhosamente. Acho que o encontro sempre ficará como uma bela lembrança quando crescerem.
Alguém já falou da possibilidade de um encontro em 2012 num hotel fazenda. Acho que seria fantástico porque não perderíamos energia e tempo combinando para onde ir antes e depois do encontro principal.
Valeu muito, galera que foi! Valeu também a energia de quem não foi, mas acompanhou a movimentação pela net, através de nosso grupo montado no Facebook (fechado). 
Um beijo grande para todos e uma foto da galera reunida para quem acompanha meu blog, não é da família Baptista, mas se sente ligado nessa emoção.

2 comentários:

Chorik disse...

Geeeente! Que maravilha! Fiquei assim, boquiaberto! A minha só se reúne em velório porque nem casar tão casando mais.
Bj

Martha disse...

Valeu, Chorik! Acho que vc se divertiria muito no nosso encontro.
Nossa ideia sempre foi evitar se reunir apenas em velórios e casamentos.
Bjs