sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Vereador, pra quê?

Não posso deixar de compartilhar com meus leitores esta pérola. O cidadão ao lado é o vereador Rodson Lima (PP), de Taubaté (SP). e, segundo o blog O Filtro, postou comentário numa comunidade do Facebook agradecendo "a vida de príncipe" proporcionada por seus eleitores.
Rodson disse que estava naquele momento num "hotel cinco estrelas", com uma big piscina, de frente pro mar, em Sergipe, tudo pago "com dinheiro público".
Acho que ele poderia ser a cara de uma campanha nacional em favor da redução do número de vereadores e/ou dos vencimentos desses "nobres" representantes do povo.
Se o salário fosse baixo e não tivesse tanta mordomia, duvido que caras como esse Rodson iam querer ser vereador.
A propósito, de acordo com a notícia, ele está inelegível para as próximas eleições porque responde a 14 processos na Justiça Eleitoral.

Um comentário:

Chorik disse...

Essas coisas me dão um mal estar terrível. Pela nossa impotência diante desse achincalhe da classe política, pela inércia e falta de interesse do Judiciário em resolver esses processos que se arrastam sem punição, pela falta de mobilização do povo, pela insuportável contaminação da imoralidade que deixa tudo mais pesado. Ah, sei lá viu, Martha!