terça-feira, 4 de novembro de 2008

Meus caros leitores

De vez em quando me questiono sobre a finalidade deste blog, mas como já disse antes, ele tem me ajudado a me entender melhor. É um espaço para reflexão, desabafo e para compartilhar o que passa dentro da minha mente e do meu coração. Compartilhar implica em ter um outro que leia o que escrevo e isso me leva a outra reflexão: quem são meus leitores?
Ontem, por acaso, estava listando mentalmente meus leitores "cativos" e não cheguei a uma dezena. Sei que eles me lêem porque de vez em quando se manifestam através do blog ou de viva voz mesmo. Ontem mesmo me ligou um ex-colega do curso de Jornalismo na ECO/UFRJ, José Augusto, que hoje mora em Florianópolis, e disse que se tornou leitor do meu blog. Mas o mais surpreendente foi à noite quando um colega de Cantorum me disse que tinha entrado no meu blog. Ele estava fazendo uma pesquisa na internet sobre o Cantorum e achou o caentrenos. Fiquei muito feliz porque é uma coisa muito louca: de repente pessoas que nem me conhecem (como já aconteceu) acabam entrando no meu blog e lendo o que escrevo aqui de Mato Grosso. Isso é muito legal. Já soube de casos de pessoas (da minha família) que quiseram fazer um comentário, mas não conseguiram. Também acho o processo meio complicado e às vezes desisto de fazer comentário nos blogs dos amigos por isso mesmo.
Então o que eu queria mesmo hoje era dizer que este blog foi um dos acontecimentos importantes de um ano que teve muitos acontecimentos importantes. Não pretendo abandoná-lo e gostaria muito que meus caros leitores deixassem seus comentários com mais frequência. Comentem, concordem, discordem, dêem voz ao que vai dentro de seu coração. Eu vou adorar que vocês compartilhem comigo as delícias e misérias do seu dia-a-dia.

2 comentários:

Grasielle disse...

Oi Martha,
estou sempre por aqui, mas confesso, evito deixar comentários. Nem sempre consigo expressar o que a leitura do seu blog me proporciona: às vezes angústia, noutras alegria, estranheza, indignação... Prefiro não errar.
Nem pense em parar, pois acredite somos muitos!!

Martha disse...

Legal, Grasi! Mas quando der uma vontadinha de comentar, não deixa passar. Não tenha medo de errar! Até porque não existe erro neste espaço.